Português (pt-PT)
RSSLinkedInPinterestTwitterFacebook
Início Ingredientes Especiarias

Ervas Aromaticas e Especiarias

Mistura de Cinco Especiarias

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

11015_2A Mistura de Cinco Especiarias é uma junção de especiarias em pó: canela, funcho, anis-estrelado, gengibre e cravinho. Dá um sabor forte a limão e gengibre com um aroma perfumado. O sabor deve ser picante, com um toque de suavidade semelhante à semente de anis.

Pensa-se que a mistura de cinco especiarias surgiu quando o antigo povo chinês tentava produzir um "pó maravilha". A mistura é tradicionalmente baseada na filosofia chinesa de equilíbrio do yin e yang na comida e conjuga os cinco sabores primários associados à cozinha chinesa: doce, ácida, picante, amarga e salgada.

É muito comum em restaurantes de comida chinesa e também serve de tempero, como o sal e a pimenta. Juntando um pouco de sal, a mistura de cinco especiarias dá um excelente preparado para carnes. Oferece um aroma forte a limão e gengibre e um sabor forte a semente de anis. Esta mistura pode ser espalhada sobre carne ou frango antes de grelhar. A mistura não é usada apenas na cozinha chinesa, mas em muitas outras cozinhas asiáticas.

 

Chilli em Pó

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

11012_2Chilli em Pó é o nome genérico dado a qualquer mistura de especiarias em pó composta essencialmente por malaguetas. O chilli em Pó é feito de vagens moídas de malagueta do género capsicum, podendo conter outros tipos de chilli em pó e outros ingredientes como coentros, cominhos e curcuma.

O pó vermelho dá um sabor picante e ardente. É sobretudo usado nas Caraíbas, na Ásia e em pratos da América Latina, como caris e chili com carne. O Chilli em Pó também resulta bem quando polvilhado sobre estufados, sopas, marinadas e pratos salteados ou com qualquer outro prato que precise de um pouco de paladar.

Crê-se que o Chilli em Pó permite aliviar sintomas de sinusite e de artrite e que pode ajudar o corpo a queimar gordura. As malaguetas são originárias da América Central. Acredita-se que o Homem começou a cultivá-las nesta região por volta de 4000 a.C.

Colombo chegou às Américas em 1492 e confundiu as malaguetas vermelhas com uma variedade de pimenta, daqui resultando o nome"chilli pepper".

Dica rápida: experimente acrescentar meia colher de chá a receitas de bolo de chocolate para conseguir um sabor alternativo.

 

Cerefólio

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

11085_2O Cerefólio já existe há cerca de 2000 anos e foi introduzido na Europa pelos romanos. É um membro da família da salsa, embora não seja tão usado.

O cerefólio acrescenta um delicioso e delicado sabor a ervas, com um ligeiro toque de semente de anis e resulta especialmente bem com frango ou peixe.

O cerefólio é muito usado no continente europeu e frequentemente adicionado a sopas e saladas. Experimente acrescentar um pouco de cerefólio aos ovos mexidos. Devido ao seu sabor delicado, é melhor acrescentar o cerefólio no final do cozinhado.

 

Sementes de Aipo

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

11084_2Ao contrário do que o nome sugere, as sementes de aipo não vêm da planta com o mesmo nome, mas sim do levístico. Todavia, o grau de parentesco é muito próximo.

As sementes de aipo são castanho-claras e têm um aroma que se assemelha ao feno. Proporcionam um sabor forte, amargo e quente, semelhante ao talo de aipo.

As sementes de aipo resultam especialmente bem em pratos à base de queijo e com ovos.

 

Pimenta-de-caiena

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

11010_2A Pimenta-de-caiena é feita das vagens secas e moídas da malagueta. A planta é da família do pimentão e do "jalapeño". A pimenta-de-caiena é um pó vermelho alaranjado, com pouco aroma. Tem, no entanto, um sabor muito picante e apimentado, seguido por um calor intenso.

As malaguetas são originárias das regiões subtropicais e tropicais do mundo, embora hoje em dia sejam cultivadas em qualquer parte. As malaguetas precisam de cerca de 100 dias para amadurecerem e podem crescer até 1,20 metros de altura.

A pimenta-de-caiena foi assim batizada devido a uma cidade na costa nordeste da América do Sul que tem o mesmo nome. Acredita-se que a pimenta-de-caiena ajuda o sistema digestivo e protege o coração e o sistema circulatório. Possui ainda muita vitamina A, C e B.

A pimenta-de-caiena é usada há milhares de anos nas Índias Ocidentais e na América Central e do Sul. Cristóvão Colombo apresentou-a ao resto mundo, quando se deparou com ela ao procurar pimenta preta. É devido a esta descoberta que hoje em dia tem, em inglês, a designação de"chili peppers".

A pimenta-de-caiena é ideal para usar na cozinha mexicana, mas também pode acrescentar sabor aos picantes estufados indianos. É uma guarnição colorida para pratos leves como patés e polvilhada sobre biscoitos.

 
Pág. 8 de 10

Catálogo Socilink 2019/20

Capa Catalogo Socilink 2019 20

Siga-nos no Facebook

Subscrever Newsletter



Receber em HTML?

Visitantes online

Temos 40 visitantes em linha

Estatísticas

Visualizações de conteúdos : 3334677