Ovas de Sardinha: Caviar Português

A sardinha tem um lugar muito marcado na tradição gastronómica portuguesa, de norte a sul do país. Não existem festas e arraiais de verão sem uma bela sardinha no pão, acompanhada de uma colorida salada de tomate e pimentos. O hábito de comer a sardinha no pão, tão conhecida pelos portugueses, remete ao século XVII, em que as populações mais pobres esfregavam a sardinha no pão para lhe dar mais sabor e enganar a fome.

Índice:

Uma vez que a indústria conserveira portuguesa produz sardinha enlatada de qualidade mundial, não é necessário esperar pelos meses de verão para poder usufruir dos benefícios nutricionais deste peixe. A sardinha, mesmo enlatada, é um alimento excecional para toda a família.

As Ovas de sardinha é um produto muito especial, são conservadas em azeite. Um sabor tão delicado que já é reconhecido internacionalmente como o caviar português.

As conservas de Portugal

Em 1853, foi criada a primeira empresa de conservação de peixes em Portugal. Anos depois, impulsionado pelas duas grandes guerras, Portugal expandiu consideravelmente a sua produção, abastecendo os países da Europa e seus soldados com um alimento fácil de transportar, nutritivo e de longa validade.

Desde então, os portugueses se mantiveram ativos no aprimoramento de novas técnicas de conservas enlatadas, o que fez do produto uma especialidade no país. A praticidade das latas saíram do cenário de guerra e entraram pra valer no dia-a-dia das famílias portuguesas.

Principais tipos de Conserva em Portugal

A sardinha enlatada, apesar de ser a mais conhecida e tradicional conserva portuguesa, não é a única. Em Portugal, é possível encontrar o mar em lata, as opções incluem lulas, polvos e ovas dentro de uma infinidade de conservas com diferentes receitas. As mais comuns:

  • Sardinha em lata, a conserva clássica. Encontrada com diferentes opções de azeite, molho de tomate e outros.
  • Ovas de sardinha, o caviar português – são conservadas em azeite e só precisam de torradas com manteiga para ficarem perfeitas;
  • Polvo, encontrado puro só com azeite ou já temperado com alho ou molho de tomate. Pode comer directo da lata ou cozinhar à portuguesa, deitando-os sobre batatas para que cozinhe no próprio molho que vem na lata;
  • Atum, em Portugal, encontra-se cortes de primeira qualidade do peixe em conserva. Experimente as conservas de barriga de atum ou ventresca, a parte mais carnuda do pescado;
  • Cavala, este peixe costuma ser enlatado em filetes, bom para comer com torradas e em saladas;
  • Lulas, esta iguaria é praticamente um prato dentro da lata, a lula vem com um molho a base de tomate, cebola, pimentão e azeite, há também versões só com azeite;
  • Bacalhau, como não poderia faltar em Portugal, também existe o bacalhau em lata. Com muitas variedades de cortes e temperos diferentes – da versão simples só com azeite até misturado com grão-de-bico.

Receita: Pastéis de Ovas de Sardinha

Partilhar esta página

Subscreva a nossa newsletter

Receba todas as novidades e notícias do seu mundo de sabores de sempre!