Maison Bruyère

A Maison Bruyère é uma fábrica de bolachas artesanais com mais de 50 anos que mantém toda a sua tradição e sabedoria, oferecendo novas abordagens a receitas tradicionais. Em 1964, Roger Bruyère começou o negócio numa pequena cidade perto de Albi. Ele nomeou a empresa Sudbiscuits e, como era padeiro, confecionava croquants (biscoitos crocantes franceses), mas também madeleines, bolos de frutas, bolo rei, “fouaces” e outros doces. Roger Bruyère rapidamente se tornou famoso dentro da área e o negócio começou a crescer. O filho, Christian, quando tomou conta da empresa em 1984, dedicou-se apenas à produção de biscoitos doces finos, tentando reviver receitas tradicionais francesas. O seu amor pelo verdadeiro sabor o levou a procurar qualidade superior e a apenas utilizar ingredientes naturais. No início dos anos 90, o artesão oferecia aos clientes a “sua” versão do fabuloso Croquant de Cordes-sur-Ciel. Esta receita secreta permitiu que o negócio crescesse como nunca. Este biscoito simples, mas tão original e delicado, ganhou rapidamente o coração de cada gastrónomo no país. As duas filhas de Christian trabalharam com ele até que ele se aposentou em 2009. Nesse mesmo ano as netas do fundador, decidem renomear a empresa para Maison Bruyère, homenageando assim o legado da família. Hoje em dia é Lea, a filha mais nova de Christian, que administra o negócio. A Maison Bruyère mantém a tradição e confeciona receitas de qualidade com um savoir-faire artesanal e um sincero apego à qualidade do produto que qualquer amante de comida se consegue identificar.

Ver todos os Produtos

antes de provar a sua bolacha de baunilha lembre-se de ler a pequena frase que o fará sorrir

A Maison Bruyère é uma fábrica de bolachas artesanais com mais de 50 anos que mantém toda a sua tradição e sabedoria, oferecendo novas abordagens a receitas tradicionais.

Em 1964, Roger Bruyère começou o negócio numa pequena cidade perto de Albi. Ele nomeou a empresa Sudbiscuits e, como era padeiro, confecionava croquants (biscoitos crocantes franceses), mas também madeleines, bolos de frutas, bolo rei, “fouaces” e outros doces. Roger Bruyère rapidamente se tornou famoso dentro da área e o negócio começou a crescer.

O filho, Christian, quando tomou conta da empresa em 1984, dedicou-se apenas à produção de biscoitos doces finos, tentando reviver receitas tradicionais francesas. O seu amor pelo verdadeiro sabor o levou a procurar qualidade superior e a apenas utilizar ingredientes naturais.

No início dos anos 90, o artesão oferecia aos clientes a “sua” versão do fabuloso Croquant de Cordes-sur-Ciel. Esta receita secreta permitiu que o negócio crescesse como nunca. Este biscoito simples, mas tão original e delicado, ganhou rapidamente o coração de cada gastrónomo no país.
As duas filhas de Christian trabalharam com ele até que ele se aposentou em 2009. Nesse mesmo ano as netas do fundador, decidem renomear a empresa para Maison Bruyère, homenageando assim o legado da família.
Hoje em dia é Lea, a filha mais nova de Christian, que administra o negócio.

A Maison Bruyère mantém a tradição e confeciona receitas de qualidade com um savoir-faire artesanal e um sincero apego à qualidade do produto que qualquer amante de comida se consegue identificar.

Partilhar esta página

Subscreva a nossa newsletter

Receba todas as novidades e notícias do seu mundo de sabores de sempre!